Global Newsletter #50

Os Cientistas Estão Fartos

Tuesday, April 13, 2021 by Extinction Rebellion

2 scientists throw paint and stick scientific papers to the UK HQ ofMurdoch’s media empire

Dois cientistas jogam tinta e colam papéis científicos na sede britânica do império mediático de Murdoch.

(Versão Web em inglês, espanhol, francês, polaco, português e Xhosa - mais idiomas em breve!) (Inscreva-se na Newsletter)

Nesta edição: Rebelião Global dos Cientistas | Dia Mundial da Água | Onda de Rebelião da Polônia | Global Money Rebellion | Cientistas da XR | Tem Que Ler Ciência | Donut Economics | XR XTRA |

Introdução

Caros rebeldes,

Nós entendemos a ciência da crise climática há mais de 30 anos. O primeiro relatório do IPCC, onde a comunidade científica mundial expôs a escala do problema, saiu em 1990. Entretanto, nossos governos decidiram não agir na época, e falham ainda hoje.

É desse fracasso que surgiram movimentos de protesto como XR, e os cientistas têm desempenhado um papel fundamental oferencendo tanto apoio à nossa rebelião quanto a sua expertise. Porém, ainda que integrados ao nosso movimento, eles tenderam a ficar longe da ação direta.

Tudo isso mudou durante a Rebelião de Setembro do Reino Unido, no ano passado. Dois físicos jogaram tinta verde sobre a Royal Society em Londres, a instituição científica mais antiga do mundo, e apelaram aos cientistas para que se engajassem na desobediência civil. Nascia a Rebelião dos Cientistas ou Scientist Rebellion.

Scientists in Lausanne, Switzerland prepare for directaction.

Cientistas em Lausanne, na Suíça, preparam-se para a ação direta.

Scientist Rebellion acredita que os cientistas e suas instituições devem agir como se a crise climática fosse uma emergência - e falar de uma emergência não é suficiente. Apenas a resistência civil não violenta valida verdadeiramente a ciência e mostra às pessoas como esta situação é urgente.

Atualmente, a Scientist Rebellion tem centenas de membros pelo mundo todo, da Australia ao Quênia, e até o México. Eles se reuniram recentemente para 4 dias de ação global, que você pode ver em Action Highlights. Você também pode aprender sobre a mais recente ciência climática no Tem Que Ler especial sobre o tema.

School children plant trees with XR Nelson Mandela Bay, South Africa forWorld Water Day.

Crianças da escola plantam árvores com a XR Nelson Mandela Bay, na África do Sul, no Dia Mundial da Água.

Ainda nesta edição, temos relatórios sobre o sucesso impressionante da Rebellion Wave na Polônia, e sobre as ações rebeldes na África que marcaram o Dia Mundial da Água.

A Newsletter Global começou como uma pequena seção da Newsletter UK, e chegou a ser produzida diariamente durante os dias agitados da rebelião internacional. Agora, ela chega à sua 50ª edição. Pretendemos continuar evoluindo junto com este maravilhoso movimento, registrando cada passo rebelde no caminho da justiça climática.

Um belo dia, vamos forçar nossos governos a agir com base na ciência.

Participe da XR de onde quer que você esteja. Veja nosso website global, aprenda mais sobre o movimento, e conecte-se com outros rebeldes na sua área.

A XR Global Newsletter chega até você graças à XR Global Support, uma rede mundial de rebeldes atuando para construir os próximos capítulos da XR. Leia as edições anteriores aqui.

Estamos numa fase crucial da história humana, e precisamos de dinheiro pra espalhar nossa mensagem. Qualquer coisa que você possa dar é apreciada.
Apoie a Rebelião

Conteúdo

  • Action Highlights: Scientist Rebellion, Dia Mundial da Água, Rebellion Wave Polônia
  • Giro pelas Ações: Global Money Rebellion, Newsletter XTRA
  • Ações Futuras: Rebellion of One (Rebelião de Um), XR Earth Fast (XR Jejum pela Terra)
  • Anúncios: XR Muçulmanos, Rebellion dos Plásticos, Bank.Green...
  • Deve Ler: Especial Ciência do Clima
  • Livro do Mês: Doughnut Economics
  • Cientistas de XR: Bióloga Dr. Nana, Alemanha

Destaques das Ações

Cientistas do Mundo Rebelde

25 - 28 MAR | Mundial

Scientists post climate crisis papers to the Federal Ministry of Food &Agriculture in Berlin.

Cientistas enviam documentos sobre a crise climática ao Ministério Federal da Alimentação e Agricultura em Berlim.

Mais de 100 cientistas em todo o mundo se engajaram em ações diretas para expor a terrível extensão da crise climática. Os 4 dias de intervencões marcaram a primeira Rebelião Global dos Cientistas.

A razão para a rebelião é que, a menos que os mais bem posicionados para entender nossa emergência se comportem como se estivéssemos em uma, o resto do mundo também não o fará. Ou como disse Einstein: "Aqueles que têm o privilégio de saber têm o dever de agir".

Cientistas por toda Europa, Djibouti, México, Austrália e USA fizeram uma greve de fome. A greve de fome durou de 4 dias a mais de 2 semanas, caso de um engenheiro de software em Djibouti.

Este engenheiro de software de Djibouti, professor de matemática e rebelde, entrou em greve de fome durante 18 dias.

Em cidades d a Espanha, Alemanha e Suíça, cientistas emplastraram as paredes das universidades e centros de pesquisa com trabalhos científicos alertando para a grave destruição que virá se a ciência climática for ignorada.

Em Londres, 2 cientistas foram presos por atirarem tinta no News Building, a sede do império mediático de Murdoch. Seus jornais e canais de notícias de TV têm persistentemente enganado e desinformado o público sobre a crise climática.

Edifícios políticos também foram alvo. Em Berlim, cientistas tentaram colar trabalhos sobre a crise climática no Ministério Federal da Alimentação e Agricultura, mas foram rapidamente interceptados e multados pela polícia. Foram necessárias 3 horas, uma equipe especializada e mais de uma dúzia de policiais para remover um cientista que trancou-se aos portões de Downing Street, onde reside o primeiro-ministro britânico.

Scientists in Geneva, Switzerland plaster their university with scientificpapers.

Cientistas em Genebra, na Suíça, emplastram a universidade com trabalhos científicos.

Enquanto isso, em salas de aula e espaços universitários, cientistas rebeldes substituriam o programa normal de ensino por lições sobre a crise climática. A tática da desobediência civil foi claramente apoiada.

A Scientist Rebellion tem apenas 6 meses de idade, mas conta com ativistas acadêmicos em 20 países. Planos para a 2ª Rebelião Global de Cientistas, entre 21 - 28 de Junho, já estão em andamento.

Para fazer parta da Scientist Rebellion e saber mais sobre as demandas do grupo, visite o website.

Dia Mundial da Água na África: A Crise Já Chegou

22 MAR | África

Watch the XR Université de Goma dance performance in this episode of XRGlobal News

Veja a performance de dança da XR Université de Goma neste episódio de XR Global News

Grupos da Extinction Rebellion em todo o mundo marcaram o Dia Mundial da Água com mais de 50 ações, todas únicas. Na África, grupos rebeldes em 11 países se reuniram para destacar o que é viver sob constante estresse hídrico nos dias de hoje.

XR Université de Goma, na República Democrática do Congo, denunciou a poluição plástica e a falta de acesso a água potável em uma poderosa performance de rua, com dois dançarinos em trajes feitos de garrafas plásticas descartadas.

No Sudão, rebeldes protestaram contra o fato de que quase metade do povo não tem acesso à água potável. Grande parte das fontes subterrâneas são salgadas, e as comunidades rurais dependem da coleta de água da chuva em pequenos fossos e lagoas que tendem a secar durante o verão. A água potável acaba sendo laboriosamente transportada ao longo de grandes distâncias em carroças puxadas por burros.

Sudanese rebels on World Water Day. The big banner features the Qur’anquote; “We made from water every living thing. Will they not thenbelieve!”

Rebeldes sudaneses no Dia Mundial da Água. A grande faixa traz uma frase do Alcorão; “Criamos todos os seres vivos da água. Não crêem ainda?!”

Rebeldes sul-africanos em Vaal produziram um vídeo sobre as relações das pessoas com a água, cobrindo problemas de esgoto e como o uso excessivo de água em uma mineradora de carvão deixou os residentes locais sem um abastecimento adequado.

Enquanto isso, XR Serra Leoa virou manchete na televisão nacional. Em parceria com um clube escolar, os rebeldes alertaram sobre a necessidade uma gestão adequada da água, associando a crise hídrica regional às alterações climáticas e à migração.

Outros grupos, incluindo um em Uganda e outro na África do Sul, usaram o Dia Mundial da Água para lançar ambiciosas ações de plantio de árvores. Mais atos aconteceram também na Nigéria, Quénia, Ruanda, Zâmbia e Senegal.

Rebels of XR Uganda hold tree saplings before beginning a tree-plantingaction.

Rebeldes da XR Uganda seguram mudas antes de iniciar uma ação de plantio de árvores.

XR COP, o grupo rebelde que se concentra na próxima conferência climática COP26, organizou uma angariação especial de fundos para apoiar estas ações do Dia Mundial da Água em África. Para eles, a questão hídrica não é suficientemente discutida entre os ativistas do norte global, apesar de representar uma ameaça muito real e diária para os ativistas africanos.

Dias depois, o grupo organizou o webinar 'A Crise Hídrica É a Crise Climática'

  • com a participação de ativistas que estão na linha de frente e que conectam as duas crises através de questões como fracking, mineração, mudanças nos padrões climáticos e privatização da água.

Rebeldes poloneses assumem riscos e são recompensados

24 - 27 FEV | Polônia

‘Czas na Bunt’ (Time to Rebel) is painted on rebels outsideParliament. Photo: Karo Zieba

‘Czas na Bunt’ (Tempo de rebelar-se) é pintado em rebeldes em frente ao Parlamento. Foto: Karo Zieba

XR Polônia se relançou como um movimento. Durante 4 dias de rebelião em 11 cidades, rebeldes engajaram em ações que representaram um novo marco revolucionário para a região.

Os rebeldes polacos fecharam, colaram-se e acorrentaram-se a edifícios governamentais, sedes de meios de comunicação e nas principais estradas. O resultado tem sido uma atenção mediática sem precedentes à chegada de novos recrutas.

A onda de rebelião começou em Varsóvia com rebeldes atando silenciosamente fitas a barricadas ao redor do parlamento polonês. Conforme a polícia insistia que se movessem, cada rebelde exibia uma letra da frase "Tempo de rebelar-se" pintada nas costas.

A Rebellion of One in Wrocław. Lone rebels (with hidden support teams)blocked roads across Poland. The banner: ‘Climate crisis fears made me dropmy dream career’. Photo: cyjon & AlicjaKozuchowska

Rebelião de Um em Wrocław. Rebeldes solitários (com equipes de apoio escondidas) bloquearam estradas por toda Polônia. A bandeira: 'Com medo da crise climática, abandonei a carreira dos meus sonhos'. Foto: Cyjon & Alicja Kozuchowska

A cerimônia solene marcou a chegada de uma data limite que a XR Polônia havia determinado 3 meses antes - um prazo para o governo anunciar uma assembleia de cidadãos sobre o clima. Os rebeldes sabiam que ele não seria cumprido. O seu governo é liderado por um homem que se gabava de ter o equivalente a 200 anos de carvão em uma cúpula climática. A XR Polônia fixou a data mais para si própria.

Até agora, as ações rebeldes na Polônia eram sobretudo artísticas e performáticas, mas XR Polônia queria que essa rebelião fosse mais desobediente e disruptiva. Em poucas horas ficou claro que o desejo tinha se realizado.

Em Varsóvia, uma rebelde se colou a uma entrada do Parlamento. Ela manteve a polícia e os bombeiros intrigados com a sua situação durante 5 horas. Até que, eventualmente, optou por se libertar, contando com a ajuda de um companheiro rebelde e de um pouco de acetona. No dia seguinte, uma dúzia de rebeldes enfrentou uma forte chuva e, juntos, bloquearam uma grande estrada durante 8 horas e meia - um recorde nacional.

Em Cracóvia, os rebeldes bloquearam um posto de gasolina da Orlen. Além de refinar petróleo e vender gasolina, o CEO da Orlen é proprietário da maioria dos jornais locais da Polônia, que permaneceram, todos, em silêncio sobre a crise climática.

 Rebels in Toruń chain themselves to the gates of Radio Maryja - a mediagroup infamous for spreading climate denial and far-right conspiracytheories. Photo: Marek Krupecki

Rebels em Toruń acorrentem-se aos portões da Rádio Maryja - um grupo de mídia infame por propagar a negação do clima e teorias da conspiração de extrema-direita. Foto: Marek Krupecki

Em Wrocław, a polícia usou uma serra elétrica para cortar os cadeados-D dos rebeldes na estrada, criando uma situação arriscada. Não foram fornecidos tampões auriculares, e além disso, um dos cadeados estava ligada a uma luz de rua em funcionamento. Felizmente, ninguém foi electrocutado.

Um rebelde foi gravemente ferido em Bydgoszcz; quando a polícia local não entendeu que os canos que uniam os braços de uma dúzia de rebeldes eram cadeados verdadeiros e tentou separá-los.

Embora as detenções tenham sido mínimas no geral, muitos rebeldes foram levados para as delegacias de polícia para apresentar seus cartões de identificação. Isto pode gerar audiências em tribunal e potenciais multas, mas o processo judicial é lento. As audiências para a Rebelião de Setembro de 2020 ainda estão para começar.

A XR Polônia está entusiasmada por ter cumprido bem o seu próprio prazo. O movimento está maior do que nunca e é visto como radical por uma mídia muito mais interessada. Quanto ao interesse do público - a XR Polônia foi forçada a atualizar seu software Zoom. As reuniões de bordo continuam a exceder o limite de 150 participantes que vem com a conta gratuita.

Saiba mais sobre as próximas ações da XR Polônia no website do grupo.


Resumos de Ações

Global Money Rebellion: Chega de Combustíveis Fósseis

1 ABRIL | Mundial

Paris, France. The Bank of France gets a makeover to match its dirty oilinvestments.

Paris, França. O Banco da França ganha uma transformação para combinar com seus investimentos sujos em petróleo.

Turin, Italy. A money feast outside Intesa Sanpaolo headquarters, Italy’sbiggest banking group. Best served with a bottle of vintage crudeoil.

Turin, Itália. Um banquete de dinheiro em frente à sede da Intesa Sanpaolo, o maior grupo bancário da Itália. Melhor servido com uma garrafa de petróleo cru vintage.

Sydney, Australia. Rebels block the National Australia Bank & tell it notto nab their future.

Sydney, Austrália. Rebeldes bloqueiam o Banco Nacional da Austrália & exigem que não lhes roube o futuro.

Brussels, Belgium. A number of European financial institutions weretargeted with a simple message - stop funding ecocide. XR Belgium’s effortsgot a lot of media coverage.

Bruxelas, Bélgica. Uma série de instituições financeiras europeias foram visadas com uma mensagem simples - pare de financiar o ecocídio. Os esforços da XR Bélgica tiveram uma grande cobertura mediática.

New York, USA. Rebels spray-painted and dropped banners from various dirtybanks in the city, but when a rebel tragically fell from the side of aJPMorgan Chase building and broke his pelvis all further protests werecancelled.

Nova Iorque, EUA. Rebels picharam e largaram faixas de vários bancos sujos da cidade, mas quando um rebelde caiu tragicamente do lado de um prédio do JPMorgan Chase e quebrou a pélvis todos os outros protestos foram cancelados.

London, UK. 7 women rebels break windows of Barclays HQ, the 7th dirtiestbank, inspired by the suffragettes who broke windows in their fight to winwomen the vote.

Londres, UK. 7 rebeldes quebram janelas na sede do Barclays, o 7º banco mais sujo, inspiradas pelas sufragistas que quebraram janelas na luta para que as mulheres ganhassem o direito ao voto.

Este giro pelas ações foi dedicado à Global Money Rebellion - siga para a Newsletter XTRA (o novo nome para XR Unchained) e leia sobre as ações em Gâmbia, Indonésia e muito mais. Newsletter XTRA: Um banquete para os olhos e mais combustível para a alma!

Newsletter XTRA


Ações Futuras

Rebelião de Um

1 MAI | Global

A saída desta pandemia será nossa última melhor chance de refazer o mundo, no entanto, governos em todo o mundo estão a desperdiçá-la. É terrível.

Temos que fazer alguma coisa. Em maio nós faremos.

Rebellion Of One, ou Rebelião de Um, é a nova tática: uma única pessoa bloqueia uma via x1000. Cada rebelde leva um cartaz com uma mensagem simples e emotiva. Sentam-se na estrada sozinhos até escolherem ou serem forçados a mover-se. Porém, contam com uma equipe de apoio disfarçada que acompanha tudo de perto.

Um programa com materiais de treinamento especial foi criado para ajudar as pessoas a prepararem-se para a ação. Não seremos meros observadores enquanto o mundo queima à nossa volta .

Assista ao curto porém poderoso vídeo dos testes feitos no Reino Unido, leia o briefing completo da ação & inscreva-se.

XR Earth Fast: É Agora ou Nunca!

28 AGOSTO | Global

Em 28 de agosto de 2021, o XR Earth Fast, ou XR Jejum pela Terra, começará em acampamentos ao redor do mundo.

Rebeldes irão jejuar por diferentes períodos de tempo - desde dois dias até jejuns indefinidos até que as nossas exigências sejam atendidas - inspirados pelos campos de greve de fome tibetanos e pelos muitos ativistas corajosos ao longo dos tempos que têm usado esta forma de protesto para o bem maior.

2021 é o ano mais importante da história da humanidade. É agora ou nunca!

Para mais informações e inscrição Global, visite o XR Earth Fast website


Anúncios

XR Muçulmanos: Campanha Ramadã Plant-based 2021

12 ABRIL - 12 MAIO | Mundial

Como parte da nossa Campanha para um Ramadã Plant-Based em 2021, o grupo XR Muçulmanos compartilha materiais para iniciar uma conversa sobre o clima e a tabela Iftar. Eles incluem um quiz para toda a família, uma competição de receitas and 4 online workshopsplant based, aberta a todos!

Neste Ramadã, queremos ligar a nossa campanha ao maior número possível de organizações de base muçulmanas. Estamos à procura de rebeldes (de todos os credos e nenhum) de grupos regionais XR que possam assumir o papel de Embaixadores de Divulgação para a XR Muçulmanos. Eles deverão:

  • Visitar suas mesquitas locais, centros islâmicos, associações muçulmanas
  • Entregar em mãos um "pacote de boas-vindas" da XR Muçulmanos delineando a nossa Campanha do Ramadã 2021
  • Construir um relacionamento entre as organizações, a XR Muçulmanos e os grupos regionais XR

A XR Muçulmanos acompanhará o Embaixador de Divulgação em cada passo por meio de um grupo no Telegram. O feedback no final deste processo nos ajudará a aumentar a conscientização sobre as questões que afetam os muçulmanos.

Para se tornar um Embaixador de Divulgação, preencha este formulário. Fique atualizado sobre a XR Muçulmanos visitando o website e fazendo parte do canal no Telegram.

O Quão Ruim É Seu Banco? Ferramentas & Workshop Grátis

19 ABRIL | 16:00 (UTC) | Online

Bank.Green oferece uma nova ferramenta que mostra qual é o status do seu banco quando se trata de financiar a crise climática. Se necessário, ele também vai encontrar um banco alternativo mais sustentável.

Bank.Green promoverá um workshop via Zoom para chamar a atenção dos consumidores contra bancos que financiam combustíveis fósseis, com a participação de convidados do Banktrack e Reclaim Finance.

O workshop via Zoom será no dia 19 de abril, às 16:00 (UTC) e você pode inscrever-se aqui.

XR Notícias Globais AO VIVO: 1º Episódio Exibido!

ABRIL | Online Agora

O primeiro episódio de XR Notícias Globais - um giro em vídeo e ao vivo das ações rebeldes pelo mundo - foi exibido no dia 9 de Abril às 15:00 (UTC) no Facebook e Youtube.

Novo episódios serão produzidos todo mês para amplificar as ações globais. Fique atento para mais!

Se você tem uma história que gostaria de contar no XR Notícias Globais basta preencher este simples formulário.\ Se o seu grupo precisa de suporte para live-streaming & treinamento, escreva para xrlivestreaming@protonmail.com

Rebelião do Plástico: A Grande Rebelião da Reciclagem de Plásticos

MARÇO | Online Agora

RECICLAGEM NÃO FUNCIONA. Sim, você leu bem, a reciclagem de plásticos NÃO é a resposta e este evento com especialistas e insiders da indústria te mostra o porquê.

A indústria de plásticos e sua prima, a indústria de combustíveis fósseis, com a ajuda dos governos, nos enganaram sobre o que a reciclagem pode fazer e depois exportaram nossos resíduos plásticos para países ainda menos capazes de lidar com isso.

Assista ao livestream do evento no Youtube e descubra mais sobre Plastics Rebellion.

Documentário: The Race To Save The World (A Corrida Para Salvar O Mundo)

22 ABRIL | Mundial

Este documentário inspirador acompanha um grupo diversificado de ativistas climáticos dos EUA, todos lutando por um futuro sustentável.

O cineasta ganhador do Emmy Joe Gantz traz um retrato urgente e íntimo dos protestos, prisões, drama no tribunal e tumulto familiar que esses ativistas suportam enquanto pressionam pela mudança.

O diretor e 3 dos ativistas que participam do filme foram entrevistados pela Rebel Radio para um XR Podcast especial.

Assista ao trailer, descubra mais, e reserve ingressos aqui.

Dia da Ciência XR

24 ABRIL | 9:00 & 17:00 (UTC) | Online

Venha e participe de uma conversa sobre ciência climática. Traga suas questões. E vamos descobrir como cientistas e rebeldes podem trabalhar melhor juntos!

Haverá 2 sessões para acomodar os rebeldes em todos os fusos horários: 9h e 17h (UTC)

Hora 1 - duas rodadas de pequenas salas de breakout aleatórias seguidas de algum feedback do grupo.

Hora 2 - votação para tópicos de breakout e salas auto-selecionadas.

Saiba mais sobre esse evento e inscreva-se aqui.

XR World Online Festival

8 MAI | 17:00 (UTC) | Online

Junte-se a ativistas indígenas, especialistas, artistas, rebeldes de todo o mundo, pessoas comuns, celebridades - qualquer pessoa disposta a participar ou apoiar a resistência à destruição do mundo e do nosso futuro.

Um festival online pela resistência civil com amor, tendo a participação de Vandana Shiva, Charles Eisenstein, Jem Bendell, e mais.

Inscreva-se aqui.


Deve Ler

Cientistas rebeldes da Espanha espalham a notícia sobre a crise climática.

Esta edição de Deve Ler teve curadoria do grupo Scientist Rebellion. A maioria dos leitores desta edição já sabe que o nosso mundo natural está em apuros, mas estes links vão fazer vocês enfrentarem esse fato em detalhes inabaláveis. Portanto, preparem-se, rebeldes. A verdade dói.

Youtube: 10 Yrs to Transform the Future of Humanity or Destabilize the Planet (10 anos para transformar o futuro da humanidade ou desestabilizar o planeta) (8 min)
Cientista Johan Rockström entrega uma simples mensagem: os sistemas que regulam nosso clima estão desestabilizando e podem deixar a Terra inabitável para nossos filhos.

Scientist Rebellion: The Science (A Ciência)
Uma cartilha sobre a ciência climática dividida em seções sobre respostas do clima, mares em ascensão, degradação ecológica, segurança alimentar e hídrica, custo humano, soluções climáticas, resistência não-violenta.

Frontiers (Fronteiras): Underestimating the Challenges of Avoiding a Ghastly Future (Subestimando os Desafios de Evitar um Futuro Horrível)\ Assinado por por 17 cientistas, este artigo publicado em 2021 faz uma avaliação lúcida sobre o estado do planeta. Adverte os líderes mundiais que um futuro terrível nos espera se não forem tomadas medidas.

WWF: Living Planet Report 2020
Este relatório abrangente mostra como a destruição da natureza causará impactos catastróficos nas populações de vida selvagem e na saúde humana, e apela para um sistema econômico que valorize a natureza.

PNAS: Future of the Human Climate Niche\ Um artigo que prevê como, nos próximos 50 anos, um terço da população global irá experimentar temperaturas médias anuais que atualmente só se encontram no deserto do Saara.

BioScience: World Scientists’ Warning of a Climate Emergency (Aviso dos Cientistas do Mundo para uma Emergência Climática)\ 11,000 cientistas jogam a verdade "nua e crua”. Eles defendem claramente por que o planeta Terra está enfrentando uma emergência climática e esboçam medidas políticas que devem ser tomadas imediatamente.


Livro do Mês

Doughnut Economics, por Kate Raworth

O crescimento econômico infinito é inimigo do nosso planeta?

Em uma virada do pensamento tradicional, o radical livro de Kate Raworth argumenta a favor de um novo tipo de economia adequada para o século XXI. O modelo sugerido por ela, ‘The Doughnut’ ou 'A Rosca', identifica um “espaço seguro e justo” para a humanidade, onde os humanos têm tudo o que precisam para sobreviver e prosperar sem exceder os limites do nosso planeta.

The Doughnut marca um espaço onde necessidades humanas fundamentais como paz, educação e igualdade são satisfeitas, sem destruir o nosso mundo natural através da poluição, perda de biodiversidade e injustiça climática.

Porém, para entrar neste formato Doughnut, precisamos abandonar nossa obsessão com a expansão infinita do PIB, e avançar em direção a uma economia circular onde valorizamos mais os serviços do que os bens de consumo.

A Doughnut Economics tem sido extremamente influente entre pensadores do desenvolvimento sustentável, empresas progressistas e ativistas políticos. Raworth também tem apresentado esta proposta para audiências que vão desde a Assembléia Geral da ONU até o movimento Occupy.

Ouça Kate Raworth discutir o modelo no XR podcast e aprenda mais aqui.

Aqui está outro livro recomendado pelos nossos leitores...

Active Hope: How to Face the Mess We’re in Without Going Crazy, por Joanna Macy e Chris Johnstone

“Um manifesto realmente inspirador para enfrentar grandes desafios e escolher a única forma psicologicamente viável de avançar—engajar-se ativamente nas soluções.” (Alister)

Joanna Macy não é apenas uma estudiosa da teoria dos sistemas e da ecologia profunda, ela também é quem os cientistas de conservação buscam para obter insights para chegar a mudanças reais.

Evite a Amazon. Apoie livrarias locais comprando seus livros em Bookshop ou Hive.


Cientistas da XR:

Bióloga Dr. Nana, Alemanha

Acabo de completar minha primeira ação direta não violenta para a Scientist Rebellion e me sinto aliviada e surpresa com o bom andamento da ação!

Mais cientistas precisam se levantar e usar a sua posição para falar, e é isso que tento fazer. Porque as formas convencionais de influenciar o governo se esgotaram e a mudança não vem na velocidade necessária.

É por isso que acabamos de enfiar cópias gigantescas de trabalhos de pesquisa científica no Ministério Federal da Alimentação e Agricultura em Berlim.

Venho de uma família rebelde, por isso os mais próximas apoiam o que estou fazendo, embora alguns amigos sejam céticos, isso vai fazer a diferença. Estou chamando a atenção deles, e estou ajudando a alcançar mais pessoas porque não sou realmente conhecida por me expor desta maneira.

Fazer parte da Rebelião Cientista é sobre ser o tipo de pessoa que quero ser e mostrar aos outros que você pode fazer algo sobre a crise ecológica. Se eu quiser que mais dos meus colegas científicos atuem, primeiro preciso eu mesma fazê-lo. Ação gera ação!

Fiz tantos novos amigos através da XR e é relaxante estar perto de pessoas com a mesma mentalidade. Mesmo que possa ser difícil encaixar o ativismo em volta do meu trabalho, é tão gratificante e uma fonte de força porque não me sinto sozinha na tentativa de salvar o mundo.

Como a Emergência Climática é uma Emergência de Saúde, tento incorporar os aprendizados na forma como ensino, para que os estudantes de medicina estejam preparados para enfrentar no futuro.

Eu definitivamente me envolverei com mais poster drops de pesquisas e trarei mais pessoas comigo na próxima vez!

Se você conhece (ou é) um rebelde em algum lugar do mundo com uma história para contar, entre em contato via xr-newsletter@protonmail.com


Obrigada

*11 ABRIL | Rioni Valley, Georgia Um campo de protesto erguido em terra a ser inundada por uma central hidroeléctrica foi demolido pela polícia após 168 dias. Ativistas, cientistas e pessoas de toda a Geórgia se uniram em ultraje pelo projeto destrutivo e politicamente duvidoso. Saiba mais sobre a crescente campanha, assine a petição, e doe para ajudar a financiá-la.*

Obrigado pela leitura, rebelde. E continue com o ótimo trabalho! Se você tem alguma pergunta ou comentário, queremos te ouvir. Entre em contato via xr-newsletter@protonmail.com.

Estamos numa fase crucial da história humana, e o nosso movimento precisa de dinheiro para fazer ouvir a nossa mensagem. Qualquer coisa que você possa dar é apreciada.

Apoie a Rebellion


Sobre a Rebellion

Extinction Rebellion é um movimento descentralizado, internacional e politicamente não-partidário que usa a ação direta não-violenta e a desobediência civil para persuadir os governos a agir de forma justa em relação à Emergência Climática e Ecológica. O nosso movimento é feito de pessoas de todos os sectores da sociedade, contribuindo de formas diferentes com o tempo e a energia que podem dedicar. Temos um ramo local muito perto de ti, e adoravamos ter notícias tuas. Participa …or considera fazer uma doação.

Feito com amor e fúria por XR Global Support O Extinction Rebellion (XR) é um movimento de ação coletiva. Todo o nosso design e trabalhos artísticos podem ser usados de forma não comercial, com o objetivo de salvar o planeta. Isto não significa criar merchandising para obtenção de fundos, nem enviar para o XR uma percentagem das vendas. Não criamos merchandising e processaremos quem o fizer. O símbolo do Extinction Rebellion foi desenhado em 2011 pelo artista ESP, que o empresta para uso do XR, com o mesmo pressuposto: www.extinctionsymbol.info