Boletim Global #49

Você é um Animal

Tuesday, March 09, 2021 by Extinction Rebellion

Animal Rebellion na República Tcheca é pega em uma rede de mentiras.

Introdução

Caros rebeldes,

No verão de 2019, um pequeno grupo de rebeldes britânicos sentiu que faltava algo na excitante onda de ativismo climático que a XR introduzira ao mundo.

Nossa primeira Rebelião Internacional trouxera a emergência climática para a cultura popular, e estávamos ocupados em conectar esta crise a outros sistemas de opressão humana - as crises do Capitalismo, do Colonialismo e do Patriarcado.

Porém, uma ideologia opressiva não estava sendo mencionada. O especismo - a crença de que uma espécie de animal pode ser moralmente superior a outra e, portanto, dominá-la.

Animal Rebellion em frente ao Ministério da Agricultura, Varsóvia, Polônia

Esses rebeldes sentiam que o especismo era chave para entender como a humanidade se deslocou do mundo natural, como surgiu a crise climática e como resolvê-la. Que a criação de animais é, simplesmente, uma das atividades ecologicamente mais destrutivas, opressivas e geradora de resíduos que a nossa civilização pratica, e é um grande contribuinte para a emissão de gases de efeito estufa.

Então, eles formaram a Animal Rebellion, um grupo irmão da Extinction Rebellion, que manteve a cultura, táticas e demandas do nosso movimento - mas com uma pequena adição. A segunda exigência deles pedia explicitamente o fim da agricultura animal e das indústrias pesqueiras.

Hoje, existem braços da Animal Rebellion ativos em mais de 30 países, incluindo Espanha, México, e Taiwan, e o movimento cresce em todas as regiões do mundo. Eles têm visado os agro-conglomerados, o bloqueio de subsídios à carne nos parlamentos e feito campanhas para uma alimentação à base de plantas nas escolas - com ações que envolvem colaboração internacional, bem como campanhas lado a lado com a XR.

Animal Rebellion Taiwan marcha pelo clima e justiça animal

Em Destaques das Ações você pode ver como os dois movimentos formaram uma aliança rebelde para lançar a Rebelião da Primavera na Holanda, e aprender mais sobre a visão da Animal Rebellion para uma sociedade baseada em plantas em Deve Ler.

Ainda nesta edição, temos o relatório sobre uma ação global dirigida às embaixadas norueguesas para destacar o greenwashing injustificado daquele governo. Também cobrimos uma greve digital nas Filipinas, onde rebeldes lutam para deter um projeto de barragem que irá devastar a biodiversidade.

Como mais um grande relatório aterrissa com o veredicto de que nossos governos não estão conseguindo lidar com a emergência climática, temos que aproveitar o poder do maior número possível de rebeldes para provocar a mudança de sistema que todos queremos, mesmo que haja diferenças sobre como chegar lá.

À medida que a Extinction Rebellion se torna cada vez mais um movimento de movimentos, o mesmo acontecerá com este boletim. Esperamos que você goste da mudança temporária de perspectiva que esta edição temática da Animal Rebellion traz.

Se quiseres de ajudar, por favor, visite o nosso website e aprenda mais sobre a XR.

Para encontrar rebeldes na tua área local, contate o grupo XR mais próximo. Se não existe nenhum grupo ativo perto de ti, podes começar o teu!

Se quiseres ver as newsletter precedentes, podes encontrá-las aqui.

Estamos numa fase crucial da história humana, e a Rebelião precisa de dinheiro para espalhar a nossa mensagem. Qualquer coisa que possas dar é apreciado.

Apoia a Rebelião

Conteúdo

  • Destaques das Ações
  • Resumos de Ações
  • Ações Futuras
  • Anúncios
  • Deve Ler
  • Livro do Mês
  • Humanos de XR

Destaques das Ações

Estreia de Primavera para a Rebel Alliance

26 FEV - ABR | Amsterdã, Holanda

Banner: ‘A Rebelião da Primavera chegou’ Foto: Robby Hiel

XR Amsterdã e Animal Rebellion lançam a sua primeira ação coordenada para iniciar a Rebelião da Primavera no país.

Rebeldes de ambos os grupos formaram um bloqueio que se movimentou pela cidade, visando uma avenida principal cheia de bondes e tráfego no sentido centro. Cerca de 100 rebeldes compareceram, e cada movimento trouxe seus próprios trajes, faixas e estilo. 3 rebeldes da XR marcharam nus, cada um carregando uma exigência da XR no peito, para garantir que as mensagens gerassem manchetes. A Animal Rebellion, por sua vez, tinha rebeldes vestidos de abelhas, vacas e galinhas.

A polícia de Amsterdã, no entanto, estava pronta e à espera já no primeiro grande cruzamento. Os policiais interceptaram a marcha e ameaçaram prender quem ficasse parado. Cerca de 2/3 decidiram ignorar o aviso. Eles acabaram carregados pela polícia para dentro de ônibus e conduzidos à periferia da cidade, onde foram orientados a seguir à pé de volta para suas casas.

Rebeldes com o corpo pintado garantem que nossas 3 exigências sejam vistas por todos.

Esta tática de capturar e soltar é uma novidade mutuamente benéfica para todas as partes. Imagens de rebeldes sendo presos chegam à mídia, mas eles não tomam espaço nas celas, que agora têm ocupação ainda mais limitada devido à pandemia. Protestos de qualquer tamanho são legalizados na Holanda, entretanto, o distanciamento social ainda se aplica e há um rigoroso toque de recolher a partir das 21h.

Os rebeldes que escaparam dos ônibus da polícia seguiram para a Museumplein, uma grande praça pública, com pequenos grupos bloqueando várias ruas ao longo do caminho. Depois de algumas horas, eles juntaram-se novamente aos camaradas liberados pelos policiais, que retornavam ao centro da cidade. Porém, não permaneceram unidos por muito tempo.

A aliança rebelde encontra uma forte presença policial Foto: Isa Herzet

Conforme a marcha se dirigia para a Ópera Nacional, local pré-estabelecido com as autoridades para o protesto, a polícia encurralou os manifestantes novamente, e outros 40 rebeldes foram carregados aos ônibus e deportados para os subúrbios.

A Rebelião da Primavera continuará intermitentemente em Amsterdã, Roterdã, Utrecht e Tilburg até abril, com ações cada vez mais intensas em torno das eleições nacionais marcadas para meados de março.

Após um ano operando quase que de forma independente, tanto a Animal Rebellion como a XR Amsterdã estão muito felizes com a aliança, e já planejam uma coordenação mais detalhada das ações para o próximo ano.


XR Noruega dá boas-vindas ao Apoio Global & Bonecos de neve

4 MARÇO | Global

Rebeldes de todo o mundo ouviram o chamado da XR Noruega. Eles protestaram em frente às embaixadas norueguesas de 26 cidades dos 5 continentes, enquanto os rebeldes em Oslo atraíram uma multidão de bonecos de neve para bloquear o Ministério da Justiça local.

A ação global foi organizada para condenar a hipocrisia climática do governo norueguês, bem como a dura resposta do Estado à desobediência civil.

Juntaram-se ao coro da condenação lugares tão distantes quanto Brasil, Canadá, Coreia do Sul e Uganda. Em Malmö, rebeldes suecos chegaram a agraciar o governo norueguês com o Prêmio Nobel da Hipocrisia em uma cerimônia especial.

Rebeldes sul-coreanos em frente à embaixada da Noruega em Seul

O governo norueguês planeja oficialmente neutralizar suas emissões de carbono até 2030, mas ao mesmo tempo bombeia 2 milhões de barris de petróleo por dia, ocupando o segundo lugar, depois da Rússia, como maior produtor de petróleo da Europa. Em Oslo existem lâmpadas de rua inteligentes alimentadas por energias renováveis que automaticamente diminuem a intensidade quando as ruas estão vazias, no entanto, a exportação de petróleo não está incluída nas emissões territoriais da Noruega.

No ano passado, um novo campo petrolífero "eco-friendly" foi inaugurado pelo Primeiro-Ministro, que orgulhosamente afirmou que a operação era abastecida por energia renovável e, portanto, "reduzia emissões".

O Estado não vê com bons olhos as tentativas da XR Noruega de apontar a sua evidente hipocrisia. Durante um bloqueio do Ministério do Petróleo e da Energia no outono passado, a polícia prendeu quase todos os rebeldes que participaram da manifestação, manteve-os em isolamento durante a noite, e ainda multou o grupo em 1 milhão de coroas norueguesas, cerca de 100.000 euros.

Embora os rebeldes noruegueses reconheçam que são tratados pelo Estado de forma muito privilegiada em comparação com os regimes autoritários de outros países, a resposta policial rigorosa e as multas absurdas tornam a desobediência civil cada vez mais difícil na Noruega. Atualmente, a XR Noruega promove uma angariação de fundos para ajudar os 53 rebeldes multados pelo Ministério no protesto do último outono.

Bonecos de neve bloqueiam a saída do Ministério da Justiça mas evitam multas Foto: XR Norway

É por isso que bonecos de neve foram utilizados para o bloqueio do Ministério da Justiça em Oslo em vez de humanos. Como disse um rebelde norueguês, “bonecos de neve não podem ser multados”.

Pesando de 50 a 60 quilos cada, eles também não podem ser movidos facilmente. A polícia examinou as esculturas, mas não interveio enquanto estavam decorados com cenouras, chapéus e cartazes ao som da trilha sonora do filme 'Frozen'. Ninguém foi multado.

Embora a XR Noruega desejasse uma cobertura midiática mais ampla de suas ações, o grupo ficou grato e muito comovidos com todo o apoio internacional recebido.

Cerimônia do Prêmio Nobel da Hipocrisia, em Malmö, Suécia


Greve Digital causa buraco no plano da barragem nas Filipinas

1 - 5 MARÇO | Filipinas*

XR Filipinas uniu forças com a Stop Kaliwa Dam Network e o Projeto 19 para aumentar a conscientização sobre os efeitos devastadores de uma proposta de barragem nas montanhas de Sierra Madre.

A campanha incluiu posts nas redes sociais, infográficos, depoimentos em vídeo, um ‘água para todos’ webinar, e uma petição. A campanha foi concluída com uma greve digital no Instagram, Facebook e Twitter realizada por grupos internacionais de jovens.

A barragem de Kaliwa destruiria o habitat de 126 espécies em 300 hectares e exporia 100.000 habitantes ao risco de graves inundações. Ela também viola a Constituição das Filipinas, bem como os direitos e as terras ancestrais de 5.000 pessoas da etnia Dumagat-Remontados, que deveriam ser protegidos pela Lei dos Direitos dos Povos Indígenas (IPRA).

Povos indígenas protestam contra o projeto da represa Kaliwa. Foto: Maria Tan

A barragem só é possível com um empréstimo de 210 milhões de dólares da China, sobrecarregando toda a população com dívidas mas aumentando o abastecimento de água apenas para os residentes da cidade de Manila. Os termos do empréstimo permitem à China resolver disputas sobre o projeto usando a lei chinesa.

Toda esta destruição para uma barragem com uma vida útil de apenas 5 a 6 anos devido à alta taxa de sedimentação na área, ignorando melhores soluções disponíveis. Seria mais barato e mais sustentável reparar e melhorar as barragens e instalações de distribuição de água existentes, adotar políticas de conservação de água, ou estabelecer um manejo florestal comunitário.

O projecto da barragem de Kaliwa ameaça muitas espécies endêmicas, incluindo a águia filipina, criticamente ameaçada de extinção. Foto: Laboratório Cornell de Ornitologia

XR Filipinas e outros parceiros de campanha levarão a petição à Comissão Filipina de Mudanças Climáticas e ao Departamento de Meio Ambiente e Recursos Naturais para destacar as falhas fundamentais da barragem e criar um impulso para ação legal.

Os grupos indígenas envolvidos têm o desafio de se manterem seguros na pandemia ao mesmo tempo em que se mobilizam contra a barragem. Eles também enfrentam sérios perigos vidos de seu próprio governo, já que a Lei do Terrorismo das Filipinas rotula os defensores do meio ambiente como terroristas. Os rebeldes vêm tentando ajudar a ampliar as vozes das populações locais que têm mais a perder e as melhores ideias para resolver esta crise da água.


Resumos de Ações

Woman with sign "Save the OkavangoDelta"

People with signs saying "No fracking!" and "Action on climate changenow"

24 FEV | NAMIBIA: Friday For Future - Windhoek e aliados abordam a Assembleia Nacional para entregar uma carta ao governo exigindo o fim imediato da exploração petrolífera no Delta do Okavango pela ReconAfrica..

People sit on a road, blocking traffic

15 FEV | Petah Tikva, Ativistas da Animal Rebellion Israel protestam num centro logístico da gigante dos laticínios Tnuva. Fotos: Animal Rebellion

3 MAR | UK: Animal Rebellion ‘adaptam’ uma série de anúncios do McDonald’s no centro de Londres.

8 MAR | Cidade do Cabo, África do Sul: Rebeldes assombram o Standard Bank para tentar impedí-lo de financiar o oleoduto da África Oriental.

Mais uma vez temos demasiadas ações para uma só newsletter. Leia a XR Unchained para conhecer todas as belas e corajosas ações que não conseguimos inserir neste boletim.

XR Unchained


Ações Futuras

Rebelião de Cientistas Global: 4 Dias de Ação Direta

25 - 28 MARÇO | Mundial

Rebelião dos Cientistas pede que acadêmicos e cientistas em todo o mundo não se deem por satisfeitos ao dar avisos que não são escutados. Aja como se a verdade fosse real e junte-se a nós para 4 dias de ação direta.

Vamos colar artigos científicos nas paredes de edifícios, em grupos pequenos e respeitando o distanciamento social.

Faremos 1-3 dias de greve de fome se não pudermos arriscar ser presos / sair de casa mas estivermos com boa saúde.

Iremos providenciar materiais para desobediência educacional de forma a que o ensino planificado possa ser substituído por lições sobre a crise climática.

Inscreva-se e ajude a fazer desta a maior mobilização já vista de cientistas em ação direta.

Onda Global de Rebelião Monetária!

1 ABRIL | Global

Junte-se a nós para uma onda de rebelião global que visa o pilar financeiro do poder.

Rebeldes e grupos afins de todo o mundo estão convidados a participar em um dia de ações direcionadas a bancos e instituições financeiras.

Você pode participar deste movimento global de onde quer que esteja. Leia isto Action Pack para algumas idéias e mensagens que podem te inspirar, junte-se à rebelião global telegram broadcast/chat, e confira nossa página de eventos.

O povo unido nunca será derrotado.


Anúncios

XR COP: Angariação de fundos para o Dia Mundial da Água

Até 15 MAR | Online

Grupos XR da África planejam uma série de ações relacionadas ao Dia Mundial da Água para evidenciar a poluição e a falta de acesso à água limpa e segura.

A XR COP pede aos adeptos do movimento climático ajuda financeira para realizar essas mais de 20 ações que incluem limpeza de rios, conferências, restaurações de poços e instalações de tanques de água.

As ações focam-se principalmente na conscientização e no aumento da resiliência das comunidades face a padrões sazonais cada vez mais erráticos devido às alterações climáticas.

22 de Março é o Dia Mundial da Água. Nossa angariação de fundos termina em 15 de Março.

Em preparação para o Dia Mundial da Água, a XR COP vai publicar histórias de pessoas que estão na linha de frente da luta para manter a água limpa e acessível em todo o planeta. XR COP também fará cobertura ao vivo e publicará notícias detalhadas sobra a ação nos dias seguintes.

Doe agora and help e divulgue nossa campanha nas redes sociais: Instagram / Facebook / Twitter

Dia Internacional da Mulher: Mulheres Rebeldes

8 MAR | Online

A co-fundadora da Extinction Rebellion, Clare Farrell, apresenta 1 hora de livestream com Howey Oe, a primeira Climate Striker da China, a estilista e artista namibiana Ina-Maria Shikongo sobre sua campanha para deter o Delta do Okavango, e Angie Zelter, uma ativista britânica que já foi presa mais de 200 vezes e passou 2 anos na prisão por suas ações diretas não violentas.

XR Global Blog: Novos Artigos Ahoy!

A whale leaping

3 novos artigos foram recentemente publicados no XR Global Blog. Não deixe de ler.

Biodiversidade: O que é, por que estamos perdendo tanto dela e por que isso importa?

Uma explicação clara sobre biodiversidade e como a sua perda pode ser perigosa para o nosso planeta.

Um Caso de Justiça para Refugiados Climáticos

A destruição climática está afastando as pessoas das suas casas. Se você acha que isso é um problema apenas para os países em desenvolvimento, pense novamente - este artigo traz um estudo de caso sobre um lugar que vai te surpreender.

Um Guia sobre Sequestro e Armazenamento de Carbono

Sequestro de carbono significa sugar carbono da atmosfera, certo? Errado! Leia este artigo para ser capaz de formar um argumento informado a favor ou contra a captura de carbono.

XR Podcast: Protetores de Árvores

No mês passado, o podcast da XR atingiu a marca de 250,000 ouvintes! Parabéns à equipe!

O mais recente episódio traz entrevistas com 2 protetores de árvores - um deles foi figura chave nos recentes protestos do HS2 que envolveram túneis subterrâneos em Londres, o outro é um rebelde que tem trabalhado com comunidades indígenas no Equador.


Deve Ler

Animal Rebellion ressurge na República Checa.

Quem é Animal Rebellion? O que é o especismo? Por que a agricultura animal é tão terrível? Como é que os agricultores podem afastar-se dela e ainda ganhar a vida? O que faríamos com todos os campos vazios? Deveríamos ser todos vegetarianos? As respostas, meus rebeldes! As respostas estão todas abaixo!

Medium: Quem é Animal Rebellion? Um pequeno artigo sobre como a Animal Rebellion começou e o que significa ser um membro dela.

Medium: Agora é a hora de abordar o especismo\ Um artigo sobre como o especismo (o tratamento de uma espécie como moralmente superior a outra) é a chave para entender a evolução da crise climática e porque a Animal Rebellion é necessária.

Youtube: Discurso de George Monbiot em Smithfield (26 mins)\ Um brilhante discurso do jornalista e escritor britânico durante o bloqueio de um mercado de carne londrino pela Animal Rebellion. Monbiot conta a sua gradual tomada de consciência de que, por mais que se tente modificá-la, a agricultura animal destrói ecossistemas e tem de ser parada.

Vimeo: 73 Vacas (dir. Alex Lockwood, 15 mins)\ Um comovente mini-documentário sobre um produtor inglês de carne bovina que fez a transição de sua fazenda para uma agricultura sustentável, orgânica e baseada em plantas.

Harvard Law School: Adaptando as Terras Agrícolas do Reino Unido para Atingir as Metas Climáticas\ Estudo que mostra como o Reino Unido poderia cumprir a meta de emissão assumida no Acordo de Paris se a terra usada para a criação de animais fosse transformada novamente em floresta nativa.

Novara Media: Devemos Todos ser Veganos?
Uma entrevista com Peter Singer, professor de Bioética da Universidade de Princeton e autor de Animal Liberation - texto fundamental para o movimento de libertação animal.

Canto da Receita: a Animal Rebellion almeja uma mudança do sistema e não na vida pessoal, por isso não pede aos seus membros para serem veganos. Porém, sabendo que refeições à base de plantas podem ser muito deliciosas, te convidamos a dar uma olhada nas receitas favoritas da nossa equipe de newsletter…

Molho de Amendoim Judeu Sudanês (Use água quente em vez de caldo. Combine com vegetais assados ou refogados.)
Receitas Originais de Turtle (inclui Sanduíche de Tofu Tostado e Torta de Maça para o Café da Manhã!)
A Melhor Lasanha Vegana (Fiz algumas alterações & prefiro lentilhas marrons do que vermelhas, & fatias pré-cozinhas de beringela em vez de abobrinha - mas qualquer maneira que você fizer é deliciosa.)
Bolo de Banana Vegano (Tão fácil e tão gostoso. Este site é um baú do tesouro para receitas de bolo vegan.)


Livro do Mês

O Dilema dos Onívoros, por Michael Pollan

Pode parecer uma escolha estranha uma vez que não está focada no clima, mas para o tema deste mês, Animal Rebellion, é perfeita. O livro coloca uma questão aparentemente simples: "O que devemos comer?" A resposta está envolta em cultura, economia, ética, gestão da terra, conservação ambiental e, sim, sobrevivência humana.

Pollan explora tudo isso através de quatro refeições que representam, respectivamente, a agricultura industrial; duas formas muito diferentes de agricultura alternativa ao ar livre; e a caça e a coleta. Ele compra um novilho, abate uma galinha, torna-se brevemente vegetariano e vai à caça de javalis. Apesar de Pollan dar alguns conselhos, seu livro é menos um argumento prescritivo e mais um trabalho envolvente e informativo de jornalismo em primeira pessoa.

Veja alguns outros livros recomendados por nós e pelos nossos leitores...

Animal Liberation, by Peter Singer

Peter Singer é um dos principais filósofos morais do mundo e esta obra de leitura muito fluida, publicada em 1975, é amplamente considerada como a declaração filosófica fundadora sobre o especismo e o tratamento dos animais pelo homem, inclusive na agricultura animal e nos experimentos com animais.

My Year of Meats, by Ruth Ozeki

Por vezes hilário e outras horripilante, este brilhante e satírico romance examina a indústria de carne bovina norte-americana de uma perspectiva nipo-americana transcultural, completa com televisão e agricultura industrial, amor, fertilidade e maternidade.

The Tale of the Whale, by Karen Swann

Um lindo e lírico livro infantil sobre uma amizade entre uma criança e uma baleia que aprendem sobre os perigos da poluição causada pelo plástico. Cuidado—existem diversos livros com esse título, então cheque o nome da autora.

Changes in the Land: Indians, Colonists, and the Ecology of New England, by William Cronon

Continuando o nosso foco na agricultura animal, o livro de Cronon funde história e ecologia para descrever a mudança entre uma forma de gestão da terra e outra. Um excelente estudo de caso das realidades culturais, econômicas e políticas profundamente enraizadas contra as quais continuamos a lutar hoje.

Skyseed, by Bill McGuire

OK, este tem pouco a ver com animais—é um romance cauteloso sobre geoengenharia—mas a sugestão veio de quase metade das pessoas que escreveram para recomendar livros este mês. "Como (possivelmente bem-intencionados) líderes por toda a parte se agarram em 'consertos' em vez de mudanças fundamentais de comportamento/sistema, os leitores da XR podem ser lembrados de forma útil das perigosas consequências da 'geoengenharia'" (David)

Evite a Amazon. Apoie livrarias locais comprando seus livros em Bookshop ou Hive.


Humanos de XR: Antoly, Israel

O cartaz de Anatoly: ‘Viemos em paz’ Foto: Lior Klein

Há mais de um ano, parecem mais séculos agora, amigos me falaram sobre um encontro relacionado com o clima e a extinção, e um movimento cujo nome eu não tinha ouvido antes.

Curioso, dei por mim lá, sendo apresentado à XR. A urgência da situação era chocante, mas tão clara. O nosso planeta está morrendo, e nós somos responsáveis. Temos que agir. Eu tenho que agir. E as ideias de descentralização e de Ação Directa Não-Violenta (NVDA) inspiraram-me instantaneamente.

Eu adoraria viver muito mais perto da natureza, em uma pequena comunidade, e não ter que me preocupar com mais nada. Entretanto, acho que não posso simplesmente ignorar o clima e como nós, humanos, o estamos a destruir. Não consigo dormir bem sabendo que nosso querido planeta, nosso único lar, está queimando, e não estou fazendo muito para salvá-la.

Então, aqui estou. Em Ação e Logística, no meu grupo de afinidade local/regional, na Animal Rebellion também... porque somos apenas um animal entre muitos. O meu favorito, no entanto, é o trabalho de Cultura Regenerativa. Promover uma profunda conexão pacífica e enriquecedora com nós mesmos, uns com os outros, e com a mãe natureza. Este tipo de trabalho de bem-estar/cuidado também é a minha paixão fora da XR, por isso parece encaixar bem. Se tivéssemos isso em primeiro lugar, toda essa catástrofe climática não aconteceria... mudar radicalmente nossa cultura é a única maneira de garantir que isso não aconteça novamente.

A NVDA é tão empoderadora! Posso me defender e defender o planeta. Através da minha mera presença, para encorajar as pessoas (incluindo, espero, quem toma as decisões) a procurarem essa sensibilidade nos seus corações, para toda a riqueza da vida, e tomar as decisões políticas, financeiras e organizacionais que devem ser tomadas a fim de nos salvar. A NVDA também pode ser estressante, assustadora e cansativa. Eu não poderia fazê-lo sem o apoio amoroso de amigos e companheiros rebeldes. Sem tempo dedicado à celebração, ao relaxamento, ao canto, ao exame de consciência, à gratidão.

Há um mês atrás tivemos uma ação, a maior e mais ousada que já fizemos. Então, passei o dia anterior, com muita ajuda preciosa dos meus amigos, fazendo uma refeição vegana para 40 pessoas, para servir entre o treinamento e a ação. Eu não cozinhava há muito tempo, especialmente não para outras pessoas, por isso foi muito divertido e emocionante! No dia seguinte, após o treino, fui para onde a comida estava à espera. Os companheiros rebeldes já tinham aquecido os alimentos e colocado em panelas e tigelas, e todos estavam comendo, conversando e zumbindo. Aquela oportunidade, de dar com amor, era tão preciosa para mim. Naqueles momentos estressantes antes da ação, ver todos apreciando aquela refeição, foi tão, tão especial.

Se você conhece (ou é) um rebelde em algum lugar do mundo com uma história para contar, entre em contato via xr-newsletter@protonmail.com


Obrigada

Só restam 35 gatos selvagens escoceses, que enfrentam a extinção para dar lugar a um parque eólico. Ajude Wildcat Haven a salvar os bichinhos, assinando esta petição.

Obrigado pela leitura, rebelde. E continue com o ótimo trabalho! Se você tem alguma pergunta ou comentário, queremos te ouvir. Entre em contato via xr-newsletter@protonmail.com.

Estamos numa fase crucial da história humana, e o nosso movimento precisa de dinheiro para espalhar a nossa mensagem. Qualquer coisa que possas dar é apreciado.

Apoie a Rebellion


Sobre a Rebellion

Extinction Rebellion é um movimento descentralizado, internacional e politicamente não-partidário que usa a ação direta não-violenta e a desobediência civil para persuadir os governos a agir de forma justa em relação à Emergência Climática e Ecológica. O nosso movimento é feito de pessoas de todos os sectores da sociedade, contribuindo de formas diferentes com o tempo e a energia que podem dedicar. Temos um ramo local muito perto de ti, e adoravamos ter notícias tuas. Participa …or considera fazer uma doação.

Feito com amor e fúria por XR Global Support O Extinction Rebellion (XR) é um movimento de ação coletiva. Todo o nosso design e trabalhos artísticos podem ser usados de forma não comercial, com o objetivo de salvar o planeta. Isto não significa criar merchandising para obtenção de fundos, nem enviar para o XR uma percentagem das vendas. Não criamos merchandising e processaremos quem o fizer. O símbolo do Extinction Rebellion foi desenhado em 2011 pelo artista ESP, que o empresta para uso do XR, com o mesmo pressuposto: www.extinctionsymbol.info