XR Liberto #15

Thursday, June 18, 2020 by Extinction Rebellion

15 MAIO | Christchurch, Nova Zelândia

Rebeldes protestando contra uma mina decarvão

Dez rebeldes de Extinction Rebellion Christchurch (Ōtautahi) fizeram uma ação colorida contra o plano da Bathurst Resources Ltd de aumentar a produção de sua mina de carvão a céu aberto em Coalgate e estender sua vida útil de 2022 a 2035. A maior parte do carvão é usado para aquecer e deshidratar leite em pó nas fábricas de lacticínios de Fonterra. Fonterra Co-operative Group, uma multinacional lácteo empresa de propriedade de cerca de 10.500 fazendeiros da Nova Zelândia, é responsável por aproximadamente 30% das exportações mundiais de laticínios e é a maior empresa da Nova Zelândia.

7 JUN | Quito, Equador

rebeldes na frente de um par desapatos

Rebeldes com máscaras e obedecendo ao distanciamento social colocaram pares de sapatos na rua fora da Assembleia Nacional do Equador para lembrar aqueles que morreram defendendo a natureza e os direitos humanos no país. Eles incluem:

José Tendetza, do povo Shuar de Tundayme, assassinado por defender as suas terras.

Edgar Yucailla, um líder camponês em Guamote, morto durante a Greve Nacional no ano passado.

Enrique Piaguaje, um médico tradicional do povo Siekopai, que morreu durante a pandemia de Covid-19 devido a negligência do Estado.

6 JUNHO | Roma, Itália

Rebeldes protestando contra o colapso doclima

Rebeldes romanos se colocaram no parapeito da Ponte Sant'Angelo, uma antiga ponte sobre o rio Tiber, para mostrar como a humanidade está à beira do colapso do clima.

Eles ergueram banners apelando ao seu governo que deixe de procrastinar e cumpra o seu dever moral de proteger o povo italiano do desastre. Você pode assistir a um belo vídeo desta ousada ação. Foto: Stella Levantesi

20 MAIO | Estado de Imo, Nigéria

Rebeldes com banners de rebelião deextinção

Extinction Rebellion Nigeria celebrou o Dia Mundial das Abelhas com um talk show, iluminação pública e uma visita ao Ministério do Meio Ambiente do Estado de Imo, no sudeste da Nigéria.

22 DE MAIO | Zagreb, Croácia

Rebeldes protestando

Os rebeldes encenaram uma performance do lado de fora da Biblioteca Nacional e Universitária em Zagreb para protestar contra o patrocínio da companhia petrolífera INA à presidência da Croácia no Conselho da UE. O governo croata é proprietária de uma parte da INA e recentemente ampliou suas licenças para perfurar petróleo e gás no mar Adriático e em torno dele.

19 MAIO | Europa

No dia em que a Royal Dutch Shell Oil Company realizou uma reunião anual virtual de acionistas em sua sede em Haia, rebeldes e ativistas Shell Must Fall de toda a Europa bloquearam postos de gasolina da Shell e realizaram uma série de protestos e manifestações.

Rebeldes protestando contra Shell

Sede da Shell, Haia, Holanda

Rebeldes protestando contra Shell

Alemanha

Rebelde protestando contra Shell

República Checa. A placa diz: "A Shell já o sabia em 1986"

1 JUN | Horse Hill, perto do Aeroporto de Gatwick, Reino Unido

Rebeldes protestando contra fracking

Desde antes do amanhecer, bravos rebeldes bloquearam a entrada da área de fracking de petróleo de Horse Hill operado pela UK Oil & Gas Investments (UKOG) protestando assim contra a contínua extração de combustíveis fósseis e impedindo a entrada e saída de petroleiros.

5 JUN | Budapeste, Hungria

Rebeldes derramando petróleo sobre um globoterrestre

No Dia Mundial do Meio Ambiente os rebeldes húngaros derramaram petróleo sobre a Terra para chamar a atenção para a necessidade de uma mudança sistêmica. A indústria da energia fóssil", disseram eles, "está nos aproximando cada vez mais de uma catástrofe climática em ritmo acelerado". Exigimos que os os políticos priorizem uma transição verde e justa em vez de salvar as empresas poluidoras"! Foto: Péter Lakatos

21 MAIO | Cidade de Nova Iorque, EUA

Rebeldes protestando contraBlackrock

Ativistas em distanciamento social trouxeram um balão de ar quente à sede da Black Rock em Nova Iorque para dizer ao seu chefe, Larry Fink, que a empresa está cheia de ar quente em relação ao clima! Em janeiro Fink anunciou que a Black Rock, a maior corporação de investimentos do mundo com 7 trilhões de dólares em ativos, reduziria seus investimentos em empresas de energia com uso intensivo de carbono. Os rebeldes americanos dizem que isso não passe e uma lavagem verde.

Rebeldes protestando contraBlackrock

22 de Maio, São Francisco

29 MAIO | Oslo, Noruega

Rebeldes que protestam na Noruega

Os rebeldes foram ao Ministério das Finanças, ao Ministério da Agricultura e Alimentação, ao Ministério do Clima e Meio Ambiente e ao Storting (Parlamento) para protestar contra o pacote de crise "verde" do governo norueguês. Apenas 3,6 bilhões de coroas norueguesas foram reservadas para iniciativas verdes, enquanto a indústria petrolífera recebeu 100 bilhões e a indústria aérea 6 bilhões. XR Noruega disse: "As autoridades norueguesas escolhem consistentemente a indústria e os lucros a curto prazo à frente do clima e do ambiente. A 'transição verde' é, na realidade, negra". A Noruega continua a alimentar o superaquecimento global e faz pouco pelos ecossistemas em crise."

29 MAIO | Espanha

Rebeldes que protestam em Espanha

Ativistas espanhóis colocaram pares de sapatos em frente às prefeituras de Madri (acima) e outras 10 cidades para exigir a participação dos cidadãos no desenvolvimento de uma recuperação verde da pandemia.

5 JUN | Atenas, Grécia

Rebeldes que protestam na Grécia

Os rebeldes gregos continuam a exigir a retirada da chamada Lei de Modernização da Legislação Ambiental que, de facto, retira a regulamentação ambiental, permitindo a exploração de petróleo em águas gregas e a construção em áreas de proteção ambiental do campo.

Rebelde segurando umAgem-Agora-Banner

"Venha ao Parlamento! É madrugada e agora precisamos mais do que nunca de vocês para poder continuar! Nós mantivemos a estrada fechada a noite toda! A estrada permanece fechada durante 12 horas! Não partiremos até que a lei anti-ambiental do Sr. Kostis Hatzidakis seja revogada."

25 DE MAIO | Poznan, Polónia

Rebelde Protestando na Polónia

"Covid Hoje. Clima Amanhã. Aja Agora."

19 MAIO | perto de Brno, República Checa

Crop Circle na forma do símbolo da Rebelião daExtinção

"Hoje apareceu perto de Brno o nosso logotipo de uma ampulheta em uma plantação de canola. O que é que a civilização mais avançada está a tentar dizer-nos? 👽 Provavelmente o fato de que na República Tcheca o cultivo de canola ocupa cerca de 15% da terra arável - muito mais do que precisamos. A canola requer um alto grau de produtos químicos, que são letais para as abelhas, e os herbicidas utilizados acabam nas águas subterrâneas."


About the Rebellion

Extinction Rebellion is a decentralised, international and politically non-partisan movement using non-violent direct action and civil disobedience to persuade governments to act justly on the Climate and Ecological Emergency. Our movement is made up of people from all walks of life, contributing in different ways with the time and energy they can spare. Chances are, we have a local branch very close to you, and we would love to hear from you. Participe …or consider making a donation.

Feito com amor e fúria O Extinction Rebellion (XR) é um movimento de ação coletiva. Todo o nosso design e trabalhos artísticos podem ser usados de forma não comercial, com o objetivo de salvar o planeta. Isto não significa criar merchandising para obtenção de fundos, nem enviar para o XR uma percentagem das vendas. Não criamos merchandising e processaremos quem o fizer. O símbolo do Extinction Rebellion foi desenhado em 2011 pelo artista ESP, que o empresta para uso do XR, com o mesmo pressuposto: www.extinctionsymbol.info